Capa Qual o melhor tipo de startup?

Qual o melhor tipo de startup?

Comparar empresas com animais não é novidade. Empresas unicórnio, zebra, camelo são algumas das criaturas que frequentemente representam termos de mercado ou até mesmo características de empresa, mas qual o melhor tipo de startup?

A ideia de se começar um negócio e fazê-lo crescer mudou bastante nos últimos 15-20 anos. Hoje todos querem ser o próximo Facebook, Instagram, Twitter, Uber ou Airbnb, etc. Mas isso coloca uma pressão muito grande, criando expectativas muito altas em quem está começando. 

Os termos mais utilizados hoje em dia são – além do unicórnio – zebra e camelo, mas qual a melhor categoria de startup? Vamos conhecê-las uma a uma, a seguir. 

Empresas unicórnio

Antes de tudo, o nome “unicórnio” foi dado por Aileen Lee em 2013, fundadora da Cowboy Ventures. Em números, hoje há mais de 550 empresas unicórnio em todo o mundo.

Da mesma forma que representam as proezas financeiras de negócios particulares apoiadas por capital de risco, são tipos de startups de crescimento acelerado, avaliadas em $1 bilhão de dólares (ou mais) que ainda não passaram por uma oferta pública inicia (IPO). 

Sendo assim, se referem às empresas que utilizam a estratégia de crescer muito e rápido (GBF – get big fast), dependendo de uma rápida expansão através de rodadas de financiamento. 

As empresas unicórnio não só investem em tecnologia e possuem forte presença nas mídias sociais mas também focam no cliente tanto antes, quanto após a venda do serviço. Em contrapartida, costumam dar mais certo em mercados em alta, e em ótimas condições de funcionamento. 

Empresas zebra

Tanto o termo quanto o método foram criados por quatro mulheres: Astrid Scholz, Mara Zepeda, Jennifer Brandel, e Aniyia Williams.

Por muitos anos a metáfora das empresas zebra apareceu em círculos de startups e, em contraste com as unicórnio, são reais, crescem coletivamente e firmemente ancoradas em suas comunidades. Além disso faz referência às cores preto e branco: a dualidade entre crescimento e sustentabilidade.

Embora as empresas zebra não sejam puramente de tecnologia, são movidas à tecnologia. Analogamente crescendo ao observar as tendências de mercado e se adaptar às demandas dos consumidores. 

Enquanto as unicórnio prosperam com capital de risco para aumentar a sua vantagem, as empresas zebra rejeitam este tipo de investimento. Pelo contrário, utilizam e desenvolvem fontes de financiamento alternativos. 

Assim como as unicórnio, as empresas zebra focam pesadamente em lucratividade, porém, de uma forma diferente. Ao passo que as unicórnio focam em crescimento exponencial e retornos extraordinariamente altos sobre o investimento, a trajetória das zebras têm uma linha reta crescente constante. 

As empresas zebra são mutualistas, ou seja, ao se manter em grupo, se protegem e preservam umas às outras. Assim como possuem cinco ou mais fluxos de receita para atender a um cliente dentro de um nicho-alvo nacional específico. 

Empresas camelo

O termo surgiu em 2017 e ao invés de velocidade, priorizam a eficiência e o crescimento de forma equilibrada. Dessa forma, são empresas capazes de sobreviver durante crises, mudanças econômicas e se manterem resilientes.

Em síntese este tipo de startup utiliza três estratégias: praticar o crescimento equilibrado, focar no longo prazo e ter um modelo de negócio diversificado. Em contrapartida, às unicórnio e zebra, que prezam pela velocidade, as camelo priorizam a eficiência, o crescimento de forma equilibrada e também a sustentabilidade. Assim como não enxergam o preço como uma barreira ao crescimento, utilizando a precificação correta desde o início. Dessa forma se refletindo na sua qualidade e posicionamento no mercado.

Um exemplo de startup camelo é a Amazon que ainda que tenha operado em déficit por muitos anos, o fez por estar re-investindo no seu próprio crescimento, pesquisa e desenvolvimento. Apesar de incursões com pouco sucesso, hoje a Amazon tem uma base sólida, principalmente vinda de seus serviços online (Amazon Web Services – AWS) que são utilizados por empresas como Netflix, Pinterest e Airbnb, por exemplo.

Comparando os tipos de startup unicórnio, zebra e camelo

Observando os três tipos de startups, evidentemente há similaridades, mas a diferença está no método. Ao passo que as unicórnio têm uma curva de receita em uma curva curta e plana que leva a uma curva longa e íngreme, por outro lado a curva de ganhos das zebra é uma ascensão lenta e ascendente até o topo inclinado. Enquanto as camelo possuem uma curva de crescimento em arrancadas, com investimentos quando as oportunidades se apresentam.

Ainda que as startups unicórnio cubram um mercado maior, as empresas zebras podem fornecer mais opções para investidores em mercados mal atendidos fora dos principais mercados de capital de risco. Ao mesmo tempo, fundadores de empresas zebras menos representativas podem ter um acesso melhor ao capital, ainda que por vezes mais lento. 

As empresas unicórnio com decks de venda impressionantes, gastam sua energia atraindo investidores de capital de risco. Sendo assim, o crescimento exponencial é o bilhete de ouro, e um IPO geralmente é o seu jogo final.

Já as empresas zebra apesar de terem decks de venda também impressionantes, utilizam seus recursos para encontrar outros esforços de financiamento além do capital de risco tradicional. Ao invés de focar no IPO, a maioria das zebra foca em prosperidade sustentável. Além disso ao invés de competir com outras empresas, tipicamente fomentam um espírito mais colaborativo.

Com uma linha de crescimento mais lenta, porém estável, as empresas camelo investem em pessoas como sua despesa principal.

Como são os líderes de cada tipo de startup?

Líderes de unicórnios são normalmente audaciosos, gostam do risco e da excitação da caça. Enquanto líderes zebras valorizam segurança e equilíbrio, lenta e firmemente atingindo seus objetivos. Já os líderes de empresas camelo estudam a economia da unidade primeiro, depois escalam, gerenciando a queima e adotando uma abordagem de longo prazo.

Várias pessoas segurando um foguete, que é símbolo tipo de empresa startup.

Qual o tipo de startup é o melhor para você?

Certamente, crescimento é o maior foco para qualquer startup. Contudo o que muda aqui é a estratégia de crescimento de cada categoria de startup. 

Se você almeja balançar o mercado atual com inovação e tecnologia, por exemplo, ou prefere contribuir para um mercado seguro, melhor para todos os envolvidos. Dessa forma, responder a esta pergunta irá te ajudar a decidir qual a abordagem que você quer ter no seu negócio.

Em suma, o que importa é focar em: definir um caminho claro em relação à receita e lucratividade, ter uma forte espinha dorsal de modelo de negócio, e sustentabilidade ao avaliar como clientes respondem aos produtos. Além disso, observar o potencial de crescimento independente de ser uma empresa unicórnio, zebra ou camelo. 

Unicórnios, zebras e camelos durante a pandemia

À primeira vista frente à pandemia, as startups foram um dos grupos mais atingidos pela crise em 2020. No entanto, empresas fora do Vale do Silício conseguiram se manter firmes, uma vez que muitas sobrevivem com menos capital e suporte ao seu ecossistema, por estarem em mercados emergentes, algo bem característico das empresas camelo.

Até outubro de 2020, o Brasil havia levantado 2,2 bilhões de dólares em aportes, 80% do total em 2019.

Outros tipos de startup

Outros termos de categoria de startup como gazela, burro, mosquito e pônei têm surgido e podem coexistir, o que nesse sentido se mostra mais saudável do que uma existência absoluta de unicórnios como única forma de se imaginar sucesso.

Porém, é válido ressaltar que muitas empresas já desmoronaram inesperadamente ao apoiarem-se apenas no hype dos termos ao tentar impressionar investidores e a mídia, ao invés de focar nos seus produtos e nas pessoas.

O domínio do Vale do Silício como centro global de inovação ainda não terminou, mas novas vozes estão surgindo para mostrar que o crescimento rápido financiado por empreendimentos e inflação de valores possui alternativas.

Conclusão:

Uma vez que as empresas unicórnio com certeza são exemplos para as gerações futuras, por outro lado, fazem com que criadores busquem soluções que mudem a vida das pessoas completamente, sem enxergar ideias em uma escala menor. Empreendedores, por conseguinte, tendem a negligenciar necessidades básicas e problemas que impactam certos nichos de mercado. 

Em suma, todos os tipos de startup são relevantes para a economia, independente da sua categoria de desenvolvimento ou estilo de operação. E, acima de tudo, ter uma visão de longo prazo é fundamental para gerenciar o equilíbrio entre risco e retorno.

Venha conversar com nossa equipe no Think.lab Coworking e conhecer as inúmeras vantagens de se trabalhar num local com opção de projetos built to suit, oportunidade de ampliar seu network e pronto para utilizar.

📍 Av. Marquês de São Vicente, 230 – 18º andar. Barra Funda – São Paulo/SP
 📞 11 3205-1108
 📱 11 94303-9404